BEDA

Blog day #BEDA

31 agosto

Hoje é o dia internacional do Blog. O Blog Day foi elaborado com a intenção de divulgar blogs legais, pra fazer esse mundo atingir mais pessoas e ser ainda mais incrível. Atualmente quem está promovendo esse evento no Brasil é o Rotaroots, onde  blogueiros lindos fazem uma lista com indicações. Tem blog pra tudo que é gosto, então confere aqui outros post de indicações.

Comecei o blog a pouco tempo, mas já conheço a blogsfera há anos. Sou encantada por esse mundo onde pessoas escrevem por amor e distribuem conteúdo com carinho. Me sinto melhor quando estou preparado posts e envolvida com tudo o que é relacionado tanto com o meu blog quanto com o dos outros. Sempre estou buscado por blogs novos, atrás de conteúdo legal, inspiração e muitas outras coisas. Tudo o que preciso tem na blogsfera, por isso amo tanto esse mundinho.

Separei 15 blogs lindos e cheirosos e que merecem a sua atenção. Todos são cheios de amor e carinho, então tenho certeza que vocês se vão se apaixonar por alguns.


BEDA

Até logo #BEDA

30 agosto

O BEDA está chegando ao fim, amanhã é oficialmente o último dia do projeto. E como dia 31 também é Blog Day, resolvi "finalizar" o projeto hoje, falando sobre como foi a experiência e citando meus posts favoritos.

Considerações
Participar desse projeto foi incrível. Consegui aprender e amadurecer bastante com ele. Aprendi que o mais importante no mundo da blogsfera é ter amor pelo que estamos fazendo. Fazer um post e cuidar de um blog é trabalhoso, mas quando fazemos com carinho isso fica especial. A cada post fui percebendo o quanto o blog está se tornando importante pra mim, e que cada segundo que disponibilizo pra ele está sendo recompensado de alguma maneira. Aprendi a ter mais responsabilidade e a não desistir com o primeiro problema que encontro pela frente. Já tinha tentado tantos projetos antes e desistido logo em seguida por falhas próprias, não ter desistido do BEDA foi uma vitoria.

Consegui postar muitas coisas que desejava graças ao BEDA. Além de estrear algumas categorias que queria. Fiz resenhas que estava acumuladas, top 3 que planejava postar desde o início do blog, comecei a postar playlist e posts especiais sobre as parcerias. Foi ótimo ter iniciados algumas coisas que eu desejava e ter me libertado de algumas promessas de posts. 

Posts que mais gostei
O que muda agora
Faltam só dois meses pro ENEM e preciso me preparar pra ele. Então a frequência de posts vai diminuir, não posso dar uma certeza de quantos serão por semana, mas prometo dar o meu melhor pro blog não ficar parado. Wishlist e o Top3 irão aparecer quinzenalmente aqui no blog. Terão coisas novas, resenhas como de costume, tags e muito mais. Quero fazer uma semana só de resenhas, mas isso vai ser depois do ENEM, muito depois. 

Obrigada a todos que acompanharam o BEDA aqui do blog. Espero fazer no próximo ano também, pois amei o projeto. Bjks e até mais.

BEDA

Parceria: Editora Draco

28 agosto

A editora Draco anunciou recentemente a seleção para novos parceiros. O diferencial dessa seleção é que todos os que se inscreverem para participar serão selecionados, desde que cumpram regrinhas simples. O que quer dizer que não há uma seleção de fato. E é claro que o bloguinho aqui iria querer essa incrível parceria. Quem quiser participar é só clicar nesse link, ler as regras e preencher o formulário. É bem simples e lindo. 
A Draco
A editora é focada em literatura fantástica brasileira. Foram eles que publicaram O Castelo das Águias, Armas Brancas, Guerras Eternas e muitos outros livros incríveis. Além de fantasia e alguns romances, a Draco também publica alguns quadrinhos, todos super criativos e muito bem ilustrados. A preocupação que a editora tem em mostrar aos leitores coisas incríveis feitas aqui e por pessoas daqui é enorme e perceptível.  
A Editora Draco quer fazer conhecido esse imaginário brasileiro, tão nosso e único, mesmo influenciado por obras estrangeiras que chegam através de livros e outros meios.
Livros que eu quero/preciso
Fiz uma listinha de livros que desejo ler que foram publicados pela Draco, clique nos números para saber mais sobre eles.
1 2  3 X4 5 X 6 
Obrigada Draco pela oportunidade.
Bjks e até o próximo post.

BEDA

Parceria: Posts preferidos #BEDA

27 agosto

O bloguinho tem três parceiras incríveis, por isso resolvi separar alguns posts maravilhosos que elas fizeram e postar aqui os links para que outras pessoas possam ver. Todos são blogs literários, então tem muitas resenhas lindas. 
Se você quiser ser parceirx do bloguinho basta responder esse formulário aqui.
Miss Literary
  1.  Cinco filmes adaptados de livros que ainda serão lançados em 2015
  2. Tag: No país das maravilhas
  3. Resenha: Eleanor & Park
  4. Red Crown e parcerias
  5. Livro do mês: Como eu era antes de você
Nevando na Lua
  1. Para quem gosta de história
  2. Mural com recorte de revista
  3. Canais literários
  4. Melhores do mês
  5. Resenha: Apenas um ano
Um livro ou dois
  1. Bost Boys - Giulia Paim
  2. Resenha: Para onde ela foi
  3. Sorteio: O garoto dos olhos azuis
  4. Resenha: O Veredicto
  5. Resenha: Cartas de amor aos mortos
Elas fazem posts incríveis, cada blog tem um jeitinho especial. Espero que gostem dos links e das minhas parceiras. Bjks e até o próximo post. 

BEDA

Resenha: O Julgamento de Shemaya #BEDA

25 agosto

Autor: James P. Kimmel X Editora: LeYA X Paginas: 320 X ISBN: 9788544100592
A jovem advogada Brek Cuttler está sentada sozinha no banco de madeira de uma estação de trem deserta. Não se lembra como chegou lá, muito menos qual é o destino final de sua viagem. Em pouco tempo, Brek descobrirá que, na verdade, está morta
Esse livro é muito especial pra mim, pois ganhei ele na cortesia do Skoob no início do ano. Nunca fui muito boa com sorteios, então fiquei super feliz quando ele chegou (porque foi quando descobri que tinha ganhado). Só que ele não é especial apenas por isso, mas também pela história. Sei que já passou meses, mas não custa agradecer mais uma vez: obrigada Skoob pela oportunidade e LeYa por ter enviado o livro.

O Julgamento de Shemaya é narrado pela advogada Brek Cuttler, que é casada e tem uma filha pequena. Porém agora Brek tem que se acostumar com uma nova ideia, a de que ela está morta e que foi designada a advogar no céu, durante o Julgamento Final. Brek, por sua vez, não aceita a sua nova condição e não se lembra de como morreu e o que aconteceu com a sua filha.

BEDA

Top 3: Câmeras #BEDA

24 agosto


Sou apaixonada por fotografia desde pequena e, consequentemente, amo câmeras. Pra esse top 3 separei 3 câmeras que eu gostaria muito de ter. No momento tenho uma Canon T3, bem antiga, que me faz muito feliz. Mas como já o mercado das câmera é enorme e rápido, existem algumas que eu acho incríveis e que gostaria muito de ter. 
1. Rebel t5i - Canon
A Canon é a minha marca favorita de câmeras, não que as outras sejam ruins. Essa é a mais poderosa da linha Rebel e a que faz meu coraçãozinho acelerar sempre que me deparo com ela. Não vou me aprofundar nas questões técnicas dela (confira nesse link se quiser), mas o que mais me encanta nela é a qualidade das imagens e dos vídeos. Como quero começar a postar vídeos no Youtube, ela me ajudaria muito nesse ponto, pois a câmera tem um visor móvel e autofoco.  

2. Instax - Fujifilm
Quero essa câmera há anos. Quando conheci a antiga dela fiquei super animada pra comprar, mas como a 8 já estava quase lançando, resolvi esperar. Na época os filmes não eram tão caros. Aí lançou a 8, o filme ficou caro e a Carol aqui sem a câmera. Mas sinto que ainda vou ter ela.

3. Hero - Gopro

A Hero é a câmera mais barata da Gopro e ela foi feita especialmente pra "quem está começando". Acho o mundo da Gopro incrível, mas não investiria tanto em uma Hero 4 session, que é a mais nova deles. Esse investimento seria um tanto desnecessário pra mim, então prefiro a Hero que é simples e "barata".
Quero falar mais vezes sobre fotografia por aqui, postar algumas dicas e tutoriais. Espero que gostem, bjks. 

BEDA

Resenha: A Onda (filme)

22 agosto


Há anos queria ver esse filme, mas nunca tinha a oportunidade. Até que descobri que ele está disponível no Netflix. Assisti com receio, pois esperava muitas mortes (por falta de informação), mas ele é super tranquilo quanto a isso. Pra quem gosta de história, assim como eu, vai provavelmente gostar bastante desse filme, mas não o indico pra todo o mundo, porque ele é bem intenso em alguns aspectos.
O filme é baseado em fatos reais, a história contada aconteceu na Califórnia em 1967. Rainer Wenger, professor do ensino médio, é conduzido a dar aula sobre autocracia. Quando ele percebe que os alunos não acreditam que possa haver novamente um governo autocrata, Rainer decide fazer um projeto que prove a eles que isso pode sim acontecer nos dias atuais. Tendo ele como líder, agora os alunos precisam obedecer suas ordens, usar uniforme, criar um logo e um nome para o grupo.
O movimento começa aos poucos, com algumas pessoas sendo contra. Ao longo do filme vemos a proporção que ele tomou e como a invenção de um governo fascística em sala de aula foi arriscado. O filme mostra que qualquer um pode fazer um governo autocrático, basta ter pessoas apoiando e seguindo o líder. Mostra que, assim como aconteceu na Alemanha, no Brasil e em outros países, esse modelo pode voltar a dominar. A Onda só fez crescer ainda mais o meu amor pela história e a certeza do quanto ela é importante. 
Gostaria de falar mais sobre o filme, mas ele é tão INCRÍVEL que quero que todos que leiam esse post assista ele, por isso escolhi falar só o resumo do resumo sobre ele. É importantíssimo que todos nós saibamos pelo menos um pouco sobre esse assunto, ainda mais com os movimentos que estão acontecendo no Brasilzão agora. Pesquisem, pesquisem e tomem partido daquilo que vocês acreditam realmente, independente de tudo. Fica aqui a minha posição: apesar de não ser perfeita, a democracia tem um abraço quentinho e eu prefiro abraços quentinhos.
Peço desculpas por ter falhado dois dias do BEDA, mas não deu pra postar mesmo. Tirei os sisos recentemente e estava com bastante dor, aí não consegui preparar nada e nem deixar preparado. Desculpas infinitas, prometo recompensar. 
Até o próximo, bjks. 

BEDA

TAG: 7 coisas #BEDA

19 agosto

Vi essa tag no blog Cereja Rocks há um tempão e gostei tanto dela que decidi fazer aqui. Basicamente são 7 categorias que terei que dar 7 respostas. Let's go, baby!

7 coisas para fazer antes de morrer
1. Morar na Califórnia
2. Me formar na faculdade
3. Fazer um mochilão pela Europa
4. Adotar muitos cachorrinhos
5. Doar livros
6. Pintar meu cabelo com todas as cores possíveis (tô no caminho!)
7. Trabalhar no Google (sério)

7 coisas que eu mais falo
1. Muito bom
2. Bah!
3. Que tri
4. Não, meu ônibus! - Sempre que perco o ônibus
5. Piooooor
6. Preciso de dinheiro
7. Tá

7 coisas que eu faço bem
1. Cozinhar
2. Tirar fotos - Apesar de sempre achar que posso melhorar
3. Dar banho no meu cachorro - Mesmo que ele não fique feliz, sempre fica super limpinho
4. Dormir
5. Cortar meu cabelo - Sim, eu mesma faço isso
6. Juntar dinheiro - Desde pequena sei fazer isso muito bem
7. Não me atrasar 

7 coisas que eu não faço bem
1. Maquiagem - Não sou boa com esses negócios, sempre me sinto uma palhaça maquiada.
2. Esperar - Não nasci pra esperar
3. Escrever no papel - Acho minha letra ridícula
4. Desenhar no papel 
5. Usar o facebook
6. Acompanhar séries que ainda não terminaram - Fico muito ansiosa
7. Falar no telefone

7 coisas que me encantam
1. Dylan O'brien - Vamos nos casar, só falta ele saber disso
2. Livros
3. Praia
4. Itália
5. Música boa
6. Tatuagens
7. Fotografia

7 coisas que eu amo
1. Cachorros
2. Ler
3. Planejar meus sonhos
4. Realizar meus sonhos
5. Lasanha
6. Frio
7. Pessoas que me fazem rir de verdade

7 coisas que eu não gosto
1. CALOR
2. Mentiras
3. Atrasos
4. Acordar muito cedo
5. Ervilha - Por que isso existe?
6. Pessoas que problematizam tudo
7. Procrastinar

Espero que tenham gostado da tagzinha, bjks. 

BEDA

Resenha: Will & Will #BEDA

18 agosto


                                         Autores: John Green e David Levithan
                Editora: Galera Record
Paginas: 352
                ISBN: 9788501093882
Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.
O John Verde é o meu autor favorito, mas eu tinha receio de ler esse livro. Sempre que eu falava com alguém sobre ele ou via alguma resenha eu ficava desanimada, pois só tinham críticas negativas. Não conseguia me imaginar decepcionada com algum livro do John. Mas finalmente tomei coragem e li Will & Will.

O livro é narrado por dois personagens, o Will Grayson e o Will Grayson. São dois personagens bem diferentes, porém com o mesmo nome. O primeiro Will que temos contato é o que não se importa e prefere "calar a boca", ele é hétero e tem um melhor amigo chamado Tiny Cooper, um garoto gay que costuma ter vários namorados.

Já o segundo Will, que foi escrito pelo David, sofre de depressão, tem um namorado virtual chamado Isaac que ele nunca viu e não contou para ninguém sobre sua orientação sexual. Além dele ter uma certa dificuldade de se relacionar com a mãe dele e com seus amigos.

O segundo Will decidi ir para Chicago para se encontrar com seu namorado, mas algumas coisas acontecem e ele acaba conhecendo o primeiro Will. E então, apesar de ele não conhecer o Isaac, o segundo Will acaba ficando com um dos personagens.

O livro, além de tratar sobre sexualidade de uma forma incrível, vai fundo no assunto amizade. A amizade entre o primeiro Will e Tiny é discutida por toda a história, e no fim vemos o quanto ela é importante. Me surpreendi bastante com o livro e, ao contrário do que eu achava, ele é sim incrível. Ele não é um livro comum onde o centro da história é um casal, nesse o que está em foco é a amizade e o quanto ela é importante.

Bjks e até o próximo post.

BEDA

Top 3: Nx Zero - Norte #BEDA

17 agosto

Cresci ouvindo Nx Zero e sempre fui apaixonada pela banda. Já fui no show desses carinhas e é surreal. Recentemente eles lançaram um novo álbum, o Norte, que eu não consigo parar de ouvir. Nesse álbum pude notar que a banda evoluiu bastante, as músicas estão bem mais trabalhadas e gostosas de ouvir. Norte se tornou meu álbum preferido deles e por isso escolhi fazer um Top 3 das músicas que mais gostei.
1. Pedra Murano


2. Milianos


3. Mandela

Como já disse, gostei bastante do álbum e estou ouvindo sem parar. Nesse link tem uma playlist com todas as músicas, vale super conferir. 
Bjks e até o próximo post. 
Instagram X Twitter X Skoob X Facebook X Youtube X Google +

BEDA

Indicações da semana

16 agosto

Aos domingos posto indicações da semana no instagram. Escolho nove fotos que me chamem a atenção, normalmente de feeds literários. Com isso quem me segue pode conhecer perfis novos. Já postei quatro indicações e pra esse domingo decidi fazer algo diferente. Decidi fazer um resumo das indicações aqui no blog, com as fotos e os feeds. Assim consigo indicar lá e aqui.
1ª semana

1 x 2 x 3 x 4  x 6 x 7 x 8 x 9
2ª semana

1 x 2 x 3 x 4 x 5 x 6 x 7 x 8 x 9
3ª semana

1 x 2 x 3 x 4 x 5 x 6 x 7 x 8 x 9
4ª semana
1 x 2 x 3 x 4 x 5 x 6 x 7 x 8 x 9

Esses foram os indicados das primeiras 4 semanas de indicações, espero fazer muitas outras. Pra conferir as indicações é só clicar nos números e pra saber as próximas é só seguir o meu perfil. Não precisa estar seguindo para ser indicado, mas se você fizer isso tem mais chances de eu ver o suas fotos e indicar.

Bjks e até o próximo. 

5 livros

5 livros que me fizeram chorar #BEDA

15 agosto

Não sou de me emocionar fácil com os livros, mas quando isso acontece é porque algo de muito especial existe naquele determinado livro. Por isso resolvi fazer esse post, selecionei 5 livros que valem a pena a leitura. São livros que tratam de assuntos "fortes" e todos têm um quê de realidade, pois quando olhamos em volta podemos ver os personagens se tornando pessoas reais.

1. A estrela que nunca vai se apagar
O livro é uma biografia de Esther Grace Earl, a menina que inspirou o John Green a escrever A Culpa é das Estrelas. Esther foi diagnosticada com câncer da tireoide quando tinha doze anos, no livro contêm trechos do seu diário, postagens do blog onde ela e seus familiares atualizavam, desenhos feitos por ela e muito mais. O livro é emocionante do início ao fim, chorei desde a introdução, feita pelo John, até o fim, onde tem depoimentos de seus amigos e familiares.
2. A lista negra
Narrado pela Valerie, o livro fala sobre bullying e como isso pode ser prejudicar tanto quem sofre quanto quem pratica. Nick, o namorado de Val, atirou em vários alunos da escola em que ambos estudavam, revoltado pelo bullying que sofria e inspirado na lista negra que Val e ele fizeram. O livro é cheio de aprendizado e características do dia a dia, por isso ele é tão especial. Me fez ver as pessoas de uma forma diferente e me emocionou muito durante toda a leitura.
  
3. As vantagens de ser invisível
O livro é contado através de cartas que funcionam como um diário. Quem "nos envia" essas cartas é o Charlie. Ele perdeu recentemente o seu melhor amigo e agora precisa enfrentar a escola sozinho e sem amigos. A profundidade do livros está nos assuntos abordados, desde a dificuldade do Charlie em se relacionar até os acontecimentos de sua infância que traumatizaram ele. 
4. Extraordinário
Esse livro também fala sobre bullying, só que de uma forma mais sutil, porém também emocionante e surpreendente. O personagem principal se chama Auggie, um garoto de dez anos nada comum. Ele nasceu com uma síndrome genética rara e por isso nunca foi à escola. Mas agora Auggie vai precisar enfrentar seus medos e mostrar para as outras crianças que, mesmo com as diferenças físicas, ele é um garoto incrível.
 
5. Quem é você, Alasca?
Meu queridinho do John Green. É contado por Miles, um garoto  cansado da sua vida monótoma que vai atrás do seu "grande talvez". A parte mais encantadora e emocionante do livro é o "depois", onde ele é mais profundo, onde ele me emocionou. Perder alguém especial nunca é fácil e superar a perda pode ser insuportavelmente doloroso.
Esses livros ajudaram a construir o que eu sou hoje, muitas das minhas antigas ideias mudaram após eu ter lido eles. Eles são tão importantes porque nos fazem ver uma realidade que muitas vezes não enxergamos. São esses os livros que mais me fizeram chorar até agora e que mais me ensinaram coisas maravilhosas.
Até o próximo post, bjks. 

aniversário

Dois meses e muito amor #BEDA

14 agosto

Primeiramente preciso pedir desculpinhas por não ter postado ontem. Cheguei super tarde em casa e não consegui deixar nada preparado antes. Prometo não deixar mais isso acontecer. E como hoje é um dia muito feliz, pois o blog está completando dois meses de vida, eu não poderia de forma alguma deixar de postar.
Quando eu criei o blog não imaginava que conquistaria tantas coisas em tão pouco tempo. Esse mês que passou foi longo e um pouco conturbado, mas para o blog foi tudo lindo. Muitas coisas legais aconteceram e é isso que me motiva pra continuar postando, mesmo com o pouco tempo que eu tenho. Agora o blog é parceiro do google, parceiro de três blogs incríveis e passou das duas mil visualizações. Muitas coisas estão acontecendo em tão pouco tempo e me d eixando felicíssima. 
Com o BEDA estou podendo postar tudo o que eu tinha em mente. Estou postando resenhas que tinha acumulado, top 3 semanalmente e ainda tenho uma lista enorme de coisas que pretendo postar. Como não quero que o blog se limite à livros, vou tentar variar "o cardápio" um pouquinho, postando sobre fotografia e outras coisas que não estão no nicho central do blog.
No post de um mês eu disse que logo teria um sorteio, mas com a correria ainda não consegui preparar tudo certinho. Mas logo vai realmente acontecer, prometo que com muitas coisas especiais.
Meu carinho é imenso por cada pessoa que segue o blog, comenta e visualiza. Cada um que me acompanha aqui tem um lugarzinho especial no meu coração. Só tenho a agradecer por esses dois meses maravilhosos e esperar para que os próximos sejam tão incríveis quanto esses. Assim como eu disse no post de um mês:  espero que o blog esteja passando sentimentos bons pra vocês, assim como passa pra mim.

Obrigada por tudo, até o próximo post. 

BEDA

Resumo da maratona literária de inverno #BEDA

12 agosto

Em julho teve a maratona literária de inverno, feita pelo Victor Almeida, e eu participei. Ou pelo menos tentei participar. No início foi tudo ok, consegui ler os livros que eu queria e participar de alguns desafios e sprints. Até que chegou a terceira semana e eu fui flopando, flopando e flopando.
Postei no instagram a minha TBR, mas vou listar aqui os livros que tinha separado para a maratona.
  1. A Culpa é das Estrelas - John Green
  2. Radiante - Alyson Noël
  3. O Castelo das Águias - Ana Merege
  4. O Morro dos Ventos Uivantes - Emilu Brontë
  5. O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
  6. Harry Potter e a Câmara Secreta - JK Rowling
  7. Dom Casmurro - Machado de Assis
Legenda: os livros em roxo foram os que eu concluí, o em laranja o que eu comecei e não consegui terminar e o em rosa eu mudei.

Eu tentei seguir tanto as semanas temáticas quanto os desafios. Troquei A Culpa é das Estrelas por Cidades de Papel, não consegui começar Radiante nem Dom Casmurro, mas li alguns capítulos de Harry Potter e a Câmara Secreta.

Li apenas 4 livros, um a mais que normalmente leio. Mas a maratona serviu para me mostrar o quanto eu procrastino e me ensinou a superar isso. Nas duas ultimas semanas eu procrastinei muito, pois passei alguns dias longe de casa e porque fiquei hipnotizada com Teen Wolf. Prometo que na maratona de verão, se eu conseguir participar, me dedicarei mais e farei de tudo para concluir a TBR que eu fizer.
Bjks e até o próximo post. 

BEDA

Resenha: O Castelo das Águias #BEDA

11 agosto

                      Autora: Ana Lúcia Merege
                Editora: Editora Draco
Paginas: 192
                ISBN: 9788562942204
O Castelo das Águias, romance fantástico de Ana Lúcia Merege, é um lugar especial. Localizado nas Terras Férteis de Athelgard, região habitada por homens e elfos, abriga uma surpreendente Escola de Magia, onde os aprendizes devem se iniciar nas artes dos bardos e dos saltimbancos antes de qualquer encanto ou ritual.
Esse foi o segundo livro que compre na  IV odisseia de literatura fantástica. A autora Ana Lúcia é super querida. Ela nos resumiu a história e foi incrivelmente atenciosa comigo e com os meus amigos. Além da capa, a história me chamou bastante a atenção. Mesmo antes de ler já queria ter a continuação.
O livro é narrado pela Anna de Bryke, que vai para o Castelo das Águias para ser Mestra de Sagas. A história começa com sua chegada na escola e suas primeiras impressões dela. Lá ela começa a descobrir os segredos das Águias que ali moram. Kieran é o Mestre de magia da forma e do pensamento e é ele quem cuida das Águias. E é por ele que Anna se vê encantada.
A história se passa no mundo Fictício de Athelgard, mais precisamente em Vrindavahn. Mas, apesar de ser uma história de fantasia, a autora apresenta assuntos do mundo real. Ela conseguiu nos passar mensagens sobre fé, machismo, política e muitas outras coisas de uma forma sutil. É isso que deixa o livro mais incrível.
Li esse livro muito rápido, pois a história me envolveu. Adorei os personagens, mas achei que a Anna poderia ser mais guerreira. Gostei dessa criação desse mundo, é algo bem diferente de tudo o que li até hoje. Preciso contar que nunca fui muito fã de livros sobre fantasia, até que decidi dar uma chance para eles esse ano. O Castelo das Águias, sem dúvidas, me encantou muito e me fez ver que os mundos fictícios e a magia não são chatos e sem graça como eu imaginava, mas sim super divertidos e encantadores. 

Estou ansiosa para ler a continuação.
Até o próximo post, bjks.

BEDA

Top 3: Booktubers masculinos #BEDA

10 agosto

Recentemente fiz um top 3 citando minhas booktubers femininas  preferidas (confira) e agora vou listar os booktubers masculinos que eu mais gosto.
1. Vitor Martins
O Vitor é um dos booktubers masculinos que eu mais assisto. O mais marcante do canal dele é a vinheta, que eu, particularmente, acho incrível e adoro a musiquinha. O Vitor fala sobre livros, filmes e ilustração. Apesar de eu gostar dos vídeos dele no geral, tenho os meus preferidos. E, sem dúvidas, eles sãos os de ilustração.

2. Victor Almeida - Geek Freak

O Victor é o criador da maratona literária e dono do canal das trevas Geek Freak. Ele fez, recentemente, um Hangout dando dicas, junto com o Vitor e a Bruna, para canais iniciantes. O Victor faz vídeos de recomendações, resenhas e muitas outras coisas geeks.

3. Eduardo Cilto - Perdido nos Livros

O Perdido nos Livros foi um dos primeiros canais que comecei a assistir. O Edu é um dos maiores booktubers brasileiros e, sim, ele conheceu o John Verde <3. Ele faz vídeos super engraçados, ensina a como virar um vampiro e lobisomem (hahaha), faz resenhas, book haul, tags e muito mais.

Esses são os meus booktubers favoritos no momento. 
Espero que tenham gostado do post, até o próximo.

BEDA

Especial Cidades de Papel #BEDA

09 agosto

O John Green é o meu autor favorito, sem dúvidas. Mas Cidades de Papel não me encantou tanto na primeira vez que eu li. Como a adaptação cinematográfica do livro lançou em julho, decidi reler. Eu, como eu não queria fazer um resenha apenas do filme, resolvi fazer um especial, falando tanto do filme quanto do livro. Mostrando as diferenças e o que eu mais gostei, além de tudo o que eu senti na segunda leitura.

O livro é narrado por Quentin Jacobsen, que está no último ano de colégio e é apaixonado desde pequeno pela sua vizinha Margo Roth Spiegelman. Margo é popular e namora, já Q é um garoto normal que dirigi a minivan de sua mãe. Os dois foram amigos quando criança, mas foram para lados opostos no colégio. Porém tudo muda quando Margo decidi chamar Q para uma noite de aventuras pela cidade de Orlando, onde eles aprontam com os "amigos" de Margo e invadem o SeaWorld.

Depois dessa noite, Margo não aparece mais na escola e Q começa a ficar preocupado. É costume da garota fugir e deixar pistas, mas dessa vez as pistas não são para a irmãzinha dela ou para os pais, são para Quentin. Agora é responsabilidade dele encontrá-la, viva ou morta. E é nessa aventura que Q se arrisca, junto com seus melhores amigos, Radar e Ben, e a melhor amiga de Margo, Lacey.

Na primeira vez que li o livro não fiquei tão encantada por ele. Mas dessa vez simplesmente amei e achei incrível. Nessa releitura pude ver o quanto esse livro é especial. Todas as ideias de Margo e tudo o que Q acaba descobrindo são incríveis. Algumas ideias dela fazem sentido no momento que estou vivendo agora, talvez seja por isso que dessa vez entendi o livro e me apaixonei por ele. Margo é uma garota cansada da vida que leva, assim como eu, e sabe que pode mudar isso. Quentin gosta de estabilidade. Tenho um pouco de cada personagem dentro de mim.


Fiquei mais ansiosa por esse filme do que para A Culpa é das Estrelas. Coloquei muitas expectativas porque sabia que o João não iria me decepcionar. Algumas mudanças me irritaram quando eu estava assistindo, mas depois parei para refleti e vi que aquilo era necessário. Não sei se era essa a intenção, mas vejo essas mudanças como uma "indireta" para quem leu o livro. Algumas mudanças não são tão sutis, por isso acho que o Green fez isso para mostrar uma nova ideia aos leitores. A adaptação segue o enredo do livro, tem músicas incríveis, os atores são ótimos. 
A parte que mais gostei no filme foi a ida dos dois ao mercado e ao SunTrust, que, apesar das mudanças, ficou incrível. Já a parte que eu não gostei foi o final. Não por ter ficado um pouco diferente, mas já que fizeram diferente, porque não mudar de verdade? Ou que fosse fiel ao final do livro ou que ele mudasse mesmo. 

Estou bem ansiosa para ter o filme e poder ver ele umas mil vezes. A Culpa das Estrelas ainda é meu filme favorito de adaptações dele, mas Cidades de Papel ganhou um lugarzinho especial no meu coração. Agora só me resta esperar por Quem é você, Alasca? e torcer pra que seja tão incrível quanto os dois primeiros.

Pretendo fazer muitos outros especiais de livros e suas adaptações. Espero que tenham gostado do primeiro. Bjks e até o próximo. 

BEDA

Wishlist: Chico Rei #BEDA

08 agosto

Sou apaixonada por camisetas estampadas e, sem dúvidas, a Chico Rei tem as que mais fazem meu coraçãozinho acelerar. Nunca comprei na loja, mas de tanto ouvir falar dela e e tanto ficar babando pelas camisetas, resolvi fazer uma wishilist. Separei as que eu mais curto e que eu quero logo que estejam comigo. Escolhi apenas 8, mas dá pra ficar horas no site, super perdida, de tanta camiseta linda que tem. Juro que se eu tivesse dinheiro já teria a maioria dessas, pois cada uma representa algo importante na minha humilde vida. Não vou falar muito sobre as camisetas, apenas deixar o nome delas e colocar o link direcionando para a loja. 
  1. Aula de desenho
  2. Biblioteca
  3. Roda Viva
  4. Momento Polaroid
  5. Ribs
  6. Creativity
  7. Wolf
  8. Corujão
Espero que gostem do post e que, assim como eu, se apaixonem pelas camisetas da Chico Rei. Até o próximo post, bjks.

BEDA

TAG: Liebster Award #BEDA

07 agosto

Fui taggeada pela Larissa do blog Miss Literary para responder a tag Liebster Awards. A tag é simples, são 11 fatos sobre mim, 11 perguntinhas da pessoa que me indicou, 11 perguntas que preciso elaborar e 11 blogs indicados. Mas como hoje é sexta-feira e eu estou #ACABADA, vou fazer apenas metade da tag. Desculpinhas!
OBS: Vou tentar colocar fatos que não estejam no "sobre"
11 fatos sobre mim

1. Minha cor favorita é verde e eu amo quase todas as variações dela.
2. O primeiro livro que eu li foi High School Musical (tirando as histórias infantis).
3. Minha blogueira favorita/inspiração é a Melina Souza.
4. Quero fazer Design Visual porque meu sonho é ser Web Designer, e eu escolhi essa profissão quando estava na 6ª série.
5. Minha paixão por fotografia nasceu quando eu era bem novinha, com uma câmera antiga da minha mãe.
6. Escrevia no Tumblr antigamente e amava aquele mundo.
7. Sou uma taurina bem preguiçosa.
8. Minha comida preferida é lasanha.
9. Quero fazer intercâmbio pra algum lugar do Estados Unidos, mochilão pela Europa e, principalmente, fotografar a Aurora Boreal e/ou Austral.
10. Estou começando a me viciar em séries e o Netflix é um bom companheiro.
11. Tenho 56 livros na minha estante.
11 Perguntas de quem me indicou

1. Qual o livro que mais te deixou de queixo caído com o final?
Como eu era antes de você, sem dúvidas. Não que eu não esperasse aquilo, mas eu não conseguia aceitar.
2. Qual a sua trilogia de livros preferidos?
Até agora não finalizei nenhuma trilogia, só séries. Então irei responder que a minha SÉRIE preferida é Os Imortais, da Alyson Noël.
3. Qual filme adaptado de livro você mais gosta?
A Culpa é das Estrelas. Acho que foi bem fiel ao livro e a história ficou ainda mais incrível como filme.
4. Prefere calor ou frio?
Frio, 10 mil vezes frio.
5. Qual livro gostaria de ter escrito?
Não sei se eu gostaria de escrever um livro, mas acho que Quem é você, Alasca? me faria ter orgulho da minha pessoinha.
6. Qual foi o último livro que leu e não gostou?
O Morro dos Ventos Uivantes, pra saber mais é só ler a resenha.
7. Qual o seu maior medo?
Perder os meus pais, não sei o que eu faria sem eles e, com certeza, nunca estarei preparada pra ficar sem eles por perto.
8. Qual livro levaria para ler em uma ilha deserta?
Levaria um livro que é importante pra mim, então seria A Lista Negra.
9. Qual a viagem do seu sonho?
É difícil responder isso porque quero conhecer muitos lugares. Mas no meu momento de vida atual gostaria de algo muito divertido, então fico com Orlando.
10. Qual personagem gostaria de ser por um dia?
A Ever da série Os Imortais. Seria legal ter poderes e ser imortal por um dia.
11. Quantos livros têm na sua lista para comprar ou ler?
Segundo o meu Skoob, quero ler 149 livros. Segundo a minha lista mental, esse número é infinito.
Peço desculpas por não ter feito a tag completa, mas hoje foi um dia longo e a semana foi longa (por conta da volta às aulas e do BEDA). Espero que entendam. Quem for responder a tag, pode usar essas perguntas como referência, acho que a Larissa não vai ficar brava. Me marquem se responderem.

Até o próximo post, bjks.

BEDA

Resenha: Divertida Mente (filme) #BEDA

06 agosto

Preciso confessar que nunca fui fã de filmes de animação. Tudo bem que eu ame os Minions, mas os filmes em que eles aparecem (Meu malvado favorito 1 e 2, porque ainda não assisti o dos Minions mesmo) são os meus únicos "favoritos" desse gênero. Não que eu não goste dos clássicos de animação, mas eles não me chamam a atenção tanto quando um de suspense, por exemplo. Mas isso "meio" que mudou quando eu assisti Divertida Mente. Esse filme é incrível e você PRECISA ver.

A personagem principal do filme é a Riley, uma menina de 11 anos que acaba de se mudar com seus pais para São Francisco. No início do filme observamos como era a vida da menina desde que ela nasceu até o momento atual, e vemos o quanto suas emoções são importantes para o seu desenvolvimento. Antes da mudança Riley tinha uma ótima vida, morava em uma casa legal, tinha amigos divertidos, pais atenciosos e amigos incríveis. Mas com a mudança os sentimentos da menina ficam confusos e o motivo disso, além da mudança dolorosa, é o desentendimento que está acontecendo na cabine que controla a mente de Riley.
Baixe essa ilustração
Na cabine de controle se encontram 5 personagens: Alegria, Tristeza, Raiva, Nojinho e Medo. Todos são personagens engraçados e fofíssimos (queria Funko Pop de todos eles). São eles quem controlam os sentimentos da Riley, porém quem realmente comanda é a Alegria, que faz de tudo para que a menina seja sempre feliz. Então algumas coisas acontecem e agora Riley só consegue sentir nojo, raiva e medo. Contando apenas com esses sentimentos, Riley começa a perder todas as suas boas lembranças e desequilibrando suas ligações com tudo o que ama.

No filmes vemos o quanto nossas emoções são importante pra nós. Conseguimos ver como nosso cérebro "funciona" e que cada sentimento que temos é importante, tanto sentimentos tristes quanto felizes.


Espero que tenham gostado da resenha, bjks.

BEDA

Playlist: Para ouvir lendo #BEDA

05 agosto

Tenho o costume de ouvir música enquanto leio quando estou andando de ônibus. Pode ser estranho pra alguns, mas me concentro mais no livro desse jeito. Ouso músicas que se relacionem com o livro, nem que seja pelo ritmo. Por exemplo, se estou lendo um capitulo feliz, escuto músicas felizes. Inspirada nessa mania decidi criar uma playlist, são poucas músicas, mas foram selecionadas com carinho. Gosto de todas essas bandas/cantores, espero que gostem.

Instagram X Twitter X Skoob X Facebook X Youtube X Google +

BEDA

Resenha: O Morro dos Ventos Uivantes #BEDA

04 agosto

              Autora: Emyli Brontë
               Editora: Lua de Papel
Paginas: 292
             ISBN: 9788563066022
Na fazenda chamada Morro dos Ventos Uivantes nasce uma paixão devastadora entre Heathcliff e Catherine, amigos de infância e cruelmente separados pelo destino. Mas a união do casal é mais forte do que qualquer tormenta: um amor proibido que deixará rastros de ira e vingança. "Meu amor por Heathcliff é como uma rocha eterna. Eu sou Heathcliff", diz a apaixonada Cathy.
Tenho esse livro há muito tempo, mas nunca consegui terminar de lê-lo. Achava chato e não gostava da história. Mas, como ele era o único livro antigo da minha estante que eu ainda não tinha concluído, resolvi colocá-lo como meta desse ano.Quis dar uma chance para ele, pois não conseguia entender porque eu não gostava dele.
O livro é "narrado" pelo sr. Lockwood, novo morador da Granja dos Tordos. Mas a história que envolve o livro é contada pela sra. Dean. Os personagens principais são Catherine e Heathcliff, é por causa deles que a história é contada. Ambos os personagens moravam no Morro do Ventos Uivantes, mas não eram parentes. Catherine era filha do dono, já Heathcliff foi encontrado por ele e levado para lá quando era menor. Sra. Dean conta os principais momentos da vida dos dois, desde a infância até a vida adulta. 
Com o desenvolver da história podemos perceber o que cada um que mora no Morro passou e o porquê deles serem tão rudes. Há muitas mortes na história e a maioria é trágica, mas eu não me envolvi tanto com o livro para sentir algo pelas mortes. Parece que cada um mereceu o fim que levo pelo que fez em vida.

Confesso que quase desisti de terminar esse livro, mas a esperança de que ele me surpreendesse foi maior. Pena que ele não conseguiu fazer isso. Achei um livro chato e sem muito sentido. É claro que tem toda uma filosofia sobre o que o amor pode nos causar, mas precisava parecer tão pessimista? Poucos conseguem viver uma felicidade no livro. E, na minha opinião, o amor tem que trazer felicidades, não só tristezas, mágoas e brigas, como é descrito no livro. Talvez eu não tenha entendido o proposito do livro ou não tenha sentido "o verdadeiro amor" que tem nele, mas só consigo pensar que foi uma perda de tempo lê-lo.



OBS.: Odiei Catherine do início ao fim.
Desculpem pela resenha negativa, mas eu precisava falar sobre esse livro.
Até o próximo post, bjks.

BEDA

Top 3: Booktubers femininas #BEDA

03 agosto


Sou apaixonada pelo Youtube. Essa rede social me apresentou diversas pessoas falando sobre diversos assuntos que eu amo. Foi lá que eu conheci o mundo dos Booktubers e vi que não sou a única doida que é apaixonada por livros. Neste post vou listar três booktubers femininas que eu acompanho e gosto. 

1. Roberta - Pilha de Cultura

A Roberta mora no meu Estado e é uma garota incrível, super animada nos vídeos. Acompanho o canal dela há tempos e já assisti TODOS os vídeos. Ela faz resenhas, várias tags engraçadas e, recentemente, começou a fazer book haul.

2. Bel Rodrigues - Algum Infinito Conheci o canal da Bel quando estava procurando uma receita de cookies e, desde então, adoro assistir os vídeos dela. Agora ela está fazendo vlogs diários, também faz favoritos do mês, resenhas e tags. O canal dela me chama a atenção porque os vídeos não são apenas sobre livros, e isso dá uma certa descontraída.

3. Nathalia Cardoso
Conheci o canal da Nah faz pouco tempo, então ainda estou descobrindo e me acostumando com o jeito dela. Ela faz top 5, tags, resenhas e alguns vlogs. Assim com a Bel, a Nathalia participa da Booktubatona (descubra o que é).
Essas são as minhas booktubers favoritas no momento. Vou fazer um top 3 de booktubers masculinos também, então acessem o blog para ver quais são os meus preferidos.
Então é isso, bjks e até o próximo post.

BEDA

Resumo do mês: Julho|2015 #BEDA

02 agosto


Pensei que o mês de junho tinha sido intenso, mal sabia eu que julho seria 5x mais intenso. Tive simulado, "participei" da maratona, tentei me virar em 10 e mesmo assim não fiz tudo o que eu planejava. Primeiro que eu assisti poucos filme e não li tudo o que eu desejava. Segundo que estudei muito menos do que eu queria/deveria. Mas vamos falar das coisas boas, xô tristeza pós-procrastinação.
Livros
Como disse anteriormente, eu participei da maratona literária de inverno. Desde o dia que eu decidi que iria participar estava ciente de que não conseguiria ler tudo o que queria. Pensei que o problema seriam as 2 primeiras semanas, mas o jogo virou e eu li menos nas duas finais, que, inclusive, eu estava de FÉRIAS. Vou fazer um post exclusivo sobre a maratona (vai ser postado dia 7).
Filmes
No outro post prometi resenhas dos filmes que tinha visto e, graças ao BEDA, vou cumprir isso em agosto. No mês de julho não vi tantos filmes, mas tem um motivo chamado Popcorn Time. Não sei o que aconteceu, mas o meu programa deu pane e não consigo baixar novamente. Depois de incontáveis tentativas decidi voltar para o Netflix. Só que não vi filmes "novos" lá, porque sou dessas que gosta de rever filmes, então nem vale anotá-los. Já no cinema vi Divertida Mente e Cidades de Papel, logo sai resenha dos dois.
Séries
Nunca fui muito de ver séries, até que assisti Drop Dead Diva e me apaixonei por esse mundo. Nesse mês comecei a ver Demolidor (T: 1; EP: 4) e Teen Wolf (T: 3; EP: 13). Estou assistindo Teen Wolf por: Dylan O'Brien. Desde que minha amiga me indicou o filme "Os Estagiários" fiquei apaixonada pelo ator e agora quero assistir quase tudo o que ele gravar. Não gosto de terror e fiquei com um pouquinho de receio de ver a série, até que eu fui pra casa da minha prima (que estava assistindo a 3ª temporada já) e pude perder totalmente o medo de que tivesse terror. Agora não consigo para de assistir. Dylan, quando vier pro Brasil, minha casa está disponível e eu.
Extra
No mês de julho me inscrevi no Correio Literário e enviei algumas cartinhas. Estou adorando essa experiência e se você quiser receber uma cartinha minha ou enviar leia esse post.

Até o próximo post, bjks.